Parque das Nações é um bairro recriado no final dos anos 90 com o objetivo de albergar a exposição mundial EXPO98 que aconteceu em Lisboa em 1998. Atualmente é o bairro mais moderno de Lisboa, com infraestrutras de design conteporâneo num local ribeirinho, com imensos espaços ao ar livre para viver o ambiente tranquilo. O Parque das Nações também é palco de eventos culturais, feiras empresariais e centro shopping
Parque das Nações é um bairro recriado no final dos anos 90 com o objetivo de albergar a exposição mundial EXPO98 que aconteceu em Lisboa em 1998. Atualmente é o bairro mais moderno de Lisboa, com infraestrutras de design conteporâneo num local ribeirinho, com imensos espaços ao ar livre para viver o ambiente tranquilo. O Parque das Nações também é palco de eventos culturais, feiras empresariais e centro shopping

Parque das Nações (EXPO)

O Parque das Nações é um bairro recente recriado no final dos anos 90 com o objetivo de albergar o evento EXPO98, a exposição mundial que aconteceu em Lisboa em 1998, onde estiveram representados a maioria dos países do mundo, com as suas culturas e espetáculos. O Parque das Nações é a zona mais moderna da cidade de Lisboa, com infrastruturas de design contemporâneo, uma parte da cidade criada a partir de uma antiga zona industrial para originar o novo bairro da cidade de Lisboa a que chamamos Parque das Nações. O Parque das Nações encontra-se integrado na Junta de Freguesia do Parque das Nações, uma antiga zona industrial e degradada de Lisboa antes da Expo 1998. O Parque das Nações foi transformada numa das zonas nobres e mais apetecíveis da cidade, com cerca de 5 km de zona ribeirinha junto ao Tejo, tornam-no um local muito procurado por famílias com crianças, executivos, turistas durante o dia, e jovens a conviver e a divertir-se durante a noite.

Os ambientes do Parque das Nações são compostos por temas variados, nomeadamente a água, que está presente em muitos locais, desde espelhos de água, a jardins com tema da água, ao oceanário de Lisboa, a proximidade do rio e o shopping Vasco da Gama, com vários ambiente relacionados com o oceano, inclusíve o ambiente relaxante da cascata de água presente no teto do edifício
Os ambientes do Parque das Nações são compostos por temas variados, nomeadamente a água, que está presente em muitos locais, desde espelhos de água, a jardins com tema da água, ao oceanário de Lisboa, a proximidade do rio e o shopping Vasco da Gama, com vários ambiente relacionados com o oceano, inclusíve o ambiente relaxante da cascata de água presente no teto do edifício

A Expo, como também é conhecida, é um dos principais locais da vida nocturna da capital portuguesa devido à rua dos bares e discotecas que aqui se encontram. O Parque das Nações é muito procurado pelos apreciadores de arquitetura contemporânea devido aos vários edifícios de arquitetura moderna, nomeadamente o Pavilhão de Portugal da autoria de Álvaro Siza Vieira, o Oceanário de Lisboa da autoria de Peter Chermayeff, o Pavilhão Atlântico da autoria de Regino Cruz, o Teatro Camões da autoria de Manuel Salgado e a Gare do Oriente da autoria de Santiago Calatrava;

Pavilhão de Portugal é um edifício classificado como Monumento de Interesse Público devido ao projeto do arquiteto Siza Vieira que consiste numa praça coberta pela maior pala de betão suspensa por cabos de aço, definida por dois pórticos de betão. A ideia baseia-se na ideia de uma folha de papel pousada em dois tijolos. Esta obra ganhou o Prémio Valmor em 1998. Atualmente o Pavilhão de Portugal está a cargo da Universidade de Lisboa, que aloca ao espaço uma atividade em áreas como a educação, a investigação científica, a promoção de conhecimento e a apresentação para a sociedade do trabalho que é desenvolvido pela Universidade.
Pavilhão de Portugal é um edifício classificado como Monumento de Interesse Público devido ao projeto do arquiteto Siza Vieira que consiste numa praça coberta pela maior pala de betão suspensa por cabos de aço, definida por dois pórticos de betão. A ideia baseia-se na ideia de uma folha de papel pousada em dois tijolos. Esta obra ganhou o Prémio Valmor em 1998. Atualmente o Pavilhão de Portugal está a cargo da Universidade de Lisboa, que aloca ao espaço uma atividade em áreas como a educação, a investigação científica, a promoção de conhecimento e a apresentação para a sociedade do trabalho que é desenvolvido pela Universidade.

para os amantes da natureza, o Parque das Nações tem aproximadamente um terço do território povoado com jardins e áreas verdes com arte urbana, nomeadamente a Alameda dos Oceanos, os Jardins Garcia d’Orta e os Jardins Suspensos; edifícios com os desenhos da autoria de António Segui, Arthur Boyd e Erró, ou com as obras da autoria de Adalgisa Duarte, António Vidigal e João Cutileiro nas avenidas e passeios

Torre Vasco da Gama é o edifício arranha-céus mais alto de Portugal, uma torre em estrutura mista com cerca de 140 m de altura. A arquitetura de Leonor Janeiro, Nick Jacobs e SOM - Skidmore, Owings and Merrill) foi inspirada na forma das velas de uma caravela, com para da estrutura situada no rio. Durante a exposição EXPO98 funcionou no topo da torre um restaurante de luxo com vista panorâmica sobre o rio Tejo. Atualmente a Torre funciona como um hotel de luxo da cadeia de SANA Hotéis, tendo-se adicionado um novo edificio à torre inicial
Torre Vasco da Gama é o edifício arranha-céus mais alto de Portugal, uma torre em estrutura mista com cerca de 140 m de altura. A arquitetura de Leonor Janeiro, Nick Jacobs e SOM – Skidmore, Owings and Merrill) foi inspirada na forma das velas de uma caravela, com para da estrutura situada no rio. Durante a exposição EXPO98 funcionou no topo da torre um restaurante de luxo com vista panorâmica sobre o rio Tejo. Atualmente a Torre funciona como um hotel de luxo da cadeia de SANA Hotéis, tendo-se adicionado um novo edificio à torre inicial

O Parque das Nações é um dos principais pontos de chegada e saida dos transportes de passageiros em Lisboa, com comboios (suburbano e de longo curso), autocarro, metropolitano (com ligação directa ao Aeroporto de Lisboa) e táxis. O Parque das Nações é um local moderno, cosmopolita, multicultural, onde é possível passear, fazer desporto, fazer negócio e viver em segurança.

Organização Administrativa

O parque das Nações é administrado pela Junta de Freguesia do Parque das Nações.

Atrações a visitar no Parque das Nações (top 10)

1. Oceanário de Lisboa é um dos maiores aquários públicos do mundo, localizado na Esplanada Dom Carlos I. Oceanário de Lisboa foi inaugurado em 1998 com um projeto da autoria do arquiteto Peter Chermayeff com o objetivo de atrair a atenção do público para a exploração excessiva dos oceanos, apresentado as seguintes atrações:

  • Aquário central com aproximadamente 5 milhões de litros de água salgada;
  • Mais de 1 milhão de visitantes por ano;
  • Exposição Florestas Submersas da autoria de Takashi Amano;
  • Animais do Oceanário – com mais de 25 mil espécies, nomeadamente as lontras marinhas, os pinguins de Magalhães, os pinguins saltadores da rocha, anémonas, e os tubarões.

2. Casino de Lisboa é o maior casino de Portugal, localizado na Alameda dos Oceanos. O Casino de Lisboa foi inaugurado em 2006, recebendo aproximadamente dois milhões de visitantes por ano, com os seguintes destaques:

  • 3 Restaurantes do Casino de Lisboa são: Le Buffet, um restaurante com buffet de especialidades portuguesas; Hua Ta Li – restaurante de luxo de gastronomia chinesa; BelTejo – espaço destinado à realização de aniversários, galas, reuniões ou jantares.
  • 4 Bares do Casino de Lisboa são: Arena Lounge; Paly Bar; Joker Bar; Baccarat Bar.
  • 2 Espaços de espectáculos:
      • Arena Lounge a sala onde se realiza o circo e espetáculos de música ao vivo;
      • Auditório dos Oceanos, o espaço privilegiado para a exibição de peças de teatro.
  • 1100 slot machines
  • Bancadas de Roleta, Blackjack, Caribbean Stud Poker, Banca Francesa e Ponto e Banca.

3. Centro Comercial Vasco da Gama é um centro comercial com muita luz natural devido à construção moderna em vidro, com 4 pisos de lojas e restaurantes com espaços amplos, vários pisos de estacionamento, localizado na Avenida Dom João II. O Centro Comercial Vasco da Gama foi inaugurado em 1999 assim designado para homenagear o navegador Vasco da Gama, apresentando as seguintes atrações: 170 lojas com 2 pisos de restaurantes, com as principais marcas de pronto a vestir, leitura, tecnologia e hipermercado; 6 Salas de Cinema; 1 Health Club.

4. Pavilhão de Portugal é um espaço multicultural gerido pela Universidade de Lisboa, localizado na Alameda dos Oceanos. O Pavilhão de Portugal foi inaugurado em 1998 com um projeto da autoria do arquiteto Álvaro Siza Vieira, apresentando os seguintes pontos de interesse:

  • Praça central utilizada para cerimónias oficiais e outros eventos públicos com aproximadamente 60 por 50 metros;
  • Pala em betão pré-armado com 1400 toneladas de peso, um dos grandes projetos inovadores do Arquiteto Siza Vieira; e o Centro de Exposições.

5. Pavilhão do Conhecimento é o espaço onde está situado o Centro Ciência Viva do Parque das Nações, localizado no Largo José Mariano Gago. O Pavilhão do Conhecimento foi inaugurado em 1998 com um projeto da autoria do arquiteto Carrilho da Graça, e mais tarde, convertido no Centro Ciência Viva, um museu de ciência interativo. O Centro Ciência Viva apresenta várias actividades e espaços, nomeadamente: Circuitos Ciência Viva; Auditório; Biblioteca; Cafetaria; Exposição Doing Aumentada; Exposição Explora; Exposição Módulos em Fuga; Exposição Mulheres na Ciência; Academia Ciência Viva.

6. Teatro Camões é um espaço cultural onde se realizam espetáculos diversos, localizado no Parque das Nações, próximo do Oceanário. O Teatro Camões foi inaugurado em 1998 com um projeto da autoria do arquiteto Manuel Salgado, apresentando os seguintes pontos de interesse: um Fachada de vidro virada para o Rio Tejo; um Auditório com 873 lugares sentados; e o Espaço para orquestra com 16 metros de largura e 5,5 metros de profundidade.

7. Jardim Alameda dos Oceanos é uma alameda com aproximadamente dois kms de extensão, localizado na Alameda dos Oceanos. O jardim foi inaugurado em 1998, com três caminhos diferentes, nomeadamente:

  • Caminho Sul situado entre a Torre da Galp e a Rotunda do Cabeço das Rolas;
  • Caminho da Gare do Oriente é o caminho mais largo e arborizado situado próximo da Gare do Oriente e do Pavilhão de Portugal;
  • Caminho Norte é o caminho com fontes, jogos de água e canteiros de arbustos.

8. Telecabine Lisboa é um teleférico, localizado no Parque das Nações que percorre todo o litoral da exposição, com ligação entre a antiga Torre Vasco da Gama e o Oceanário. O teleférico foi inaugurado em 1998, com quarenta cabines com capacidade para oito passageiros, proporcionando uma vista sobre o Parque das Nações e o Rio Tejo num percurso de 8 a 12 minutos numa extensão de 1230 metros, a 30 metros de altura.

9. Estação do Oriente é uma gare de arquitetura moderna que alberga a estação de comboios, autocarros e metropolitano, localizada na Avenida Dom João II. A Estação do Oriente foi inaugurada em 1998 com um projeto da autoria do arquiteto Santiago Calatrava, sendo uma das mais importantes interfaces de transportes da cidade de Lisboa, uma vez que é servida de comboio, autocarro, metro e táxis. A Estação do Oriente recebeu o Prémio Brunel de Arquitetura em 1998, com a cobertura de vidro no piso superior como principal destaque.

10. MEO ARENA (Pavilhão Atlântico) é o maior pavilhão de eventos e espectáculos do país, localizado no Rossio dos Olivais. O MEO ARENA (Pavilhão Atlântico) foi inaugurado em 1998 com um projeto da autoria do arquiteto Regino Cruz e do gabinete internacional Skidmore, Owings e Merril. O MEO ARENA (Pavilhão Atlântico) foi palco de vários concertos de música nacionais, internacionais, eventos empresariais e municipais e acontecimentos políticos.

Outras atrações a explorar no Parque das Nações

Ponte Vasco da Gama é a maior ponte da Europa e a quarta mais extensa do mundo, com ligação entre Lisboa e Montijo. A Ponte Vasco da Gama foi inaugurada em 1998 com o nome atual para homenagear Vasco da Gama no ano que se comemorou os 500 anos da chegada à Índia, com um projeto da autoria de TPF Consultores. A Ponte Vasco da Gama apresenta várias caraterísticas importantes, nomeadamente:

  • Extensão de mais de 17 kms;
  • Torres centrais com 150 metros de altura;
  • Tabuleiro a 47 metros de altura acima do nível da água;
  • Três estações meteorológicas ao longo da ponte;
  • 91 câmaras de gestão de tráfego.

Parque Tejo é um local ajardinado, localizado no Passeio do Tejo. O Parque Tejo foi inaugurado em 1998, com ligação entre o Parque das Nações e a foz do rio Trancão. O Parque Tejo apresenta os seguintes pontos de interesse:

  • Local ajardinado ao longo do Rio Tejo;
  • Zona muito frequentada ao fim-de-semana por lisboetas e turistas para descansar e praticar atividades desportivas;
  • Local privilegiado para a observação de aves ao longo do Estuário do Tejo.

Rossio dos Olivais é centro do Parque das Nações, localizado entre o Centro Comercial Vasco da Gama e o Pavilhão Atlântico. O Rossio dos Olivais é conhecido pela presença das bandeiras dos países que participaram na Exposição Universal de Lisboa de 1998, pelo corredor de água e pela grande quantidade de árvores plantadas.

Marina do Parque das Nações é uma das mais recentes marinas da cidade de Lisboa, localizada na Rua Rio Tejo. A marina tem capacidade para 602 postos de amarração para embarcações até 25 metros na Bacia Sul e cruzeiros ou mega iates até 230 metros na Ponte Cais. A marina apresenta os seguintes serviços: Apoio de marinheiro; Hipermercado com entrega de compras direta no barco; Lavandaria; Livros e filmes para uso de clientes; Bancos; Cuidados de saúde; Aluguer de bicicletas; Festas de aniversário.

Sky Bar Oriente é um rooftop, localizado na Avenida Dom João II. O Sky Bar Oriente apresenta como atração a vista panorâmica do Rio Tejo e do Parque das Nações; e o Bar panorâmico.

Torre da Galp é uma antiga torre petrolífera, localizada na Rua Tomás da Fonseca. A Torre da Galp é um exemplar de arqueologia industrial, recuperada para a Exposição Universal de Lisboa de 1998 para relembrar o período em que o Parque das Nações era uma refinaria de petróleo.

LX Skate Park é um skate park, localizado no Parque das Nações. O LX Skate Park apresenta como ponto de interesse a variedade de rampas e obstáculos para manobras de skate, a qualidade do piso para a prática de skate, a proximidade do passeio ribeirinho do Parque das Nações; e a proximidade da Ponte Vasco da Gama.

Jardim Cabeço das Rolas é um jardim do Parque das Nações, localizado na Avenida Ulisses. O Jardim Cabeço das Rolas tem a curiosidade de se encontrar a 33 metros acima do nível das águas do Rio Tejo, tendo sido um local de passagem de rolas. O Jardim Cabeço das Rolas apresenta os seguintes pontos de interesse: Vista sobre o Rio Tejo e a Ponte Vasco da Gama; Lago com 2500 m2; Fontes e repuxos; Várias espécies de árvores, nomeadamente laranjeiras, ciprestes e oliveiras.

Jardim Garcia d’Orta é um jardim de flora exótica, localizado na Rua Alfredo Pimenta. O Jardim Garcia d’Orta foi inaugurado em 1998 com um projeto da autoria do arquiteto paisagista João Gomes da Silva, com espécies plantas de Cabo Verde, de Goa, de São Tomé e Princípe e dos Açores e Madeira.

Jardins d’Água são espaços ajardinados com temáticas relacionada à água, localizados na zona ribeirinha do Parque das Nações. Os Jardins d’Água foram inaugurados em 1998, apresentando os seguintes pontos de interesse: Jardins da Palmeira; Pomar do Mediterrâneo; Lago de Ulisses; Edifício de Cascata; Jardim Hidráulico.

Hospital CUF Descobertas é um dos conceituados hospitais da cidade de Lisboa, localizado na Rua Mário Botas. O Hospital CUF Descobertas foi inaugurado em 2001, com uma capacidade diária de aproximadamente 1500 consultas, 2000 exames, 300 urgências, 60 operações, 10 partos e 35 doentes com alta de internamento. O Hospital CUF Descobertas oferece os seguintes espaços:

  • 158 camas de internamento
  • Bloco Operatório Central com 5 salas
  • Bloco de Partos com 3 salas
  • 116 gabinetes de consulta de especialidade

Roteiro Arte Urbana, com as várias áreas de exposição obras de arte urbana do Parque das Nações, nomeadamente:

  • Painéis de azulejo da autoria de Abdoulaye Konaté;
  • Obra de ngela Ferreira;
  • Estrutura de António Vidigal;
  • Estátua a representar Rainha Dona Catarina de Bragança da autoria de Audrey Flack;
  • Painéis de azulejos a representar personagens de banda desenhada da autoria do artistas plástico islandês Erró;
  • Obras de Fernanda Fragateiro, nomeadamente Jardim das Ondas, estátua a representar uma Girafa;
  • Calçada Portuguesa a representar as ondas do mar em frente às bandeiras dos países que participaram na Exposição Universal de Lisboa, da autoria de Fernando Conduto;
  • Painel de azulejos do edifício ECRAN da autoria de Jorge Martins;
  • Escultura de ferro com aproximadamente 20 metros de altura e 15 toneladas a representar o Sol, da autoria de Jorge Vieira;
  • Calçada Portuguesa a representar monstros marinhos da autoria de Pedro Proença.
Centro comercial Vasco da Gama é um shopping com mais de 50,000 metros quadrados, aproximadamente 170 lojas distrinuídas em 3 pisos, onde se incluem 33 restaurantes, 6 salas de cinema, um Health Club e diversos serviços de atendimento ao cliente. Dispõe também de estacionamento coberto com capacidade para 2.523 lugares. O nome Vasco da gama é uma homenagem a Vasco da Gama, descobridor do caminho marítimo para a Índia. A arquitetura do Centro comercial Vasco da Gama é da autoria do arquiteto José Quintela, com o objetivo de evocar memórias dos mares e oceanos, com o o ambiente do interior de um grande navio.
Centro comercial Vasco da Gama é um shopping com mais de 50,000 metros quadrados, aproximadamente 170 lojas distrinuídas em 3 pisos, onde se incluem 33 restaurantes, 6 salas de cinema, um Health Club e diversos serviços de atendimento ao cliente. Dispõe também de estacionamento coberto com capacidade para 2.523 lugares. O nome Vasco da gama é uma homenagem a Vasco da Gama, descobridor do caminho marítimo para a Índia. A arquitetura do Centro comercial Vasco da Gama é da autoria do arquiteto José Quintela, com o objetivo de evocar memórias dos mares e oceanos, com o o ambiente do interior de um grande navio.
  • Jardins Suspensos
  • Esplanada Dom Carlos I
  • Campus de Justiça
  • Feira Internacional de Lisboa
  • Jardim Sul
  • Torre Vasco da Gama

Ruas e praças principais do Parque das Nações

Avenida Dom João II é uma das maiores e mais movimentadas avenidas do Parque das Nações, com ligação entre a Rotunda da República da Colômbia e a Avenida Ulisses. A Avenida Dom João II foi construída para a Exposição Universal de Lisboa em 1998, assim designada desde 2009 para homenagear o Rei Dom João II. A avenida encontra-se próximo de vários pontos de interesse, nomeadamente:

  • Estátua de homenagem a Dom João II da autoria do escultor Manuel Rosa;
  • Centro Comercial Vasco da Gama;
  • Estação do Oriente.

Avenida Ulisses com ligação entre a Praça do Príncipe Perfeito e a Rotunda da República da Argentina. A Avenida Ulisses apresenta os seguintes pontos de interesse:

  • Alameda dos Oceanos;
  • Jardins de Água;
  • Caminho da Água;
  • Jardim Cabeço das Rolas.

Avenida Fernando Pessoa é uma das avenidas do Parque das Nações, com ligação entre a Alameda dos Oceanos e a Avenida Marechal Gomes da Costa. A Avenida Fernando Pessoa encontra-se próximo de várias atrações, nomeadamente à Alameda dos Oceanos; e à Torre da Galp.

Estabelecimentos de Ensino

  • Colégio Oriente
  • Colégio Pedro
  • Creche
  • Externato João XXIII

Empreendimentos Turísticos

  • Exemplo Hotel
  • Olissipo Oriente
  • Tivoli Oriente
  • Tryp Oriente
  • VIP Executive Arts

Locais onde fazer compras

  • Centro Comercial Vasco da Gama
  • Gare do Oriente

Transportes e Acessos

Gare do Oriente, também conhecida como Gare Intermodal de Lisboa (GIL). Com uma arquitetura contemporânea, foi desenhada pelo arquiteto e engenheiro espanhol Santiago Calatrava, ficou concluída em 1998 para servir a Expo’98, e, posteriormente, o Parque das Nações. A Gare do Oriente inclui a estação do Metropolitano de Lisboa (Oriente), um espaço comercial e uma estação rodoviária com ligação a LIsboa, ao norte, centro e ao sul de Portugal com comboios suburbanos e comboios de médio e longo curso.
Gare do Oriente, também conhecida como Gare Intermodal de Lisboa (GIL). Com uma arquitetura contemporânea, foi desenhada pelo arquiteto e engenheiro espanhol Santiago Calatrava, ficou concluída em 1998 para servir a Expo’98, e, posteriormente, o Parque das Nações. A Gare do Oriente inclui a estação do Metropolitano de Lisboa (Oriente), um espaço comercial e uma estação rodoviária com ligação a LIsboa, ao norte, centro e ao sul de Portugal com comboios suburbanos e comboios de médio e longo curso.
  • Gare do Oriente
    AeroShuttle: autocarro que faz a ligação direta entre o Parque das Nações e o Aeroporto de Lisboa de trinta em trinta minutos com passagens nos hotéis Tryp Oriente, Tivoli Tejo, Olissipo Oriente e VIP Art’s
    Autocarros (Rodoviária de Lisboa e Transportes Sul do Tejo)
    Comboios: suburbano (Linha da Azambuja e Linha de Sintra), nacional (Alfa Pendular, Intercidades e Regional) e Internacional (Comboio Sud-Expresso e Lusitânia Comboio Hotel)
    Autocarros Expressos
    Metropolitano (Linha Vermelha)
Galeria de acesso ao metropolitano de Lisboa na Gare do Oriente, estação do Oriente, com uma arquitetura futurista concebido em betão e vidro
Galeria de acesso ao metropolitano de Lisboa na Gare do Oriente, estação do Oriente, com uma arquitetura futurista concebido em betão e vidro

Localização da Freguesia de Parque das Nações no mapa de Lisboa

Parque das Nações está situado…

Localização da freguesia do Parque das Nações no mapa de Lisboa
Localização da freguesia do Parque das Nações no mapa de Lisboa
Back to Top
error: