Braga, uma das cidades mais antigas da Europa fundada em 16 a.C. conhecida como a Roma portuguesa

Braga, uma das cidades mais antigas da Europa fundada em 16 a.C. conhecida como a Roma portuguesa

Braga

Braga é uma das cidades mais antigas da Europa fundada em 16 a.C. como “Bracara Augusta” em homenagem ao imperador romano Augusto. Situada no centro do Minho, Braga é um dos principais centros religiosos de Portugal, com 49 igrejas e capelas, é conhecida como a cidade dos arcebispos, a cidade da juventude e a Roma portuguesa. Atualmente Braga e uma cidade muito dinâmica, com uma atividade económica forte nas áreas do comércio e serviços, ensino e investigação, construção civil, informática e novas tecnologias, turismo e vários ramos da indústria e do artesanato. Braga tem um grande impacto na indústria do software, sendo considerada por muitos a Silicon Valley Portuguesa. É designada como a capital do comércio em Portugal, com a maior área pedonal de Portugal onde podemos desfrutar de uma grande variedade de comércio com lojas locais e internacionais, empresas de serviços, e restaurantes com esplanadas.

Braga proporciona paisagens naturais diversificadas de grande beleza devido à sua localização geográfica: rio Cávado a Norte, serra dos Picos a Sul (566 metros de altitude), serra dos Carvalhos a Nascente (479 metros de altitude) e Famalicão e Barcelos a Poente. Está situada a uma distância de 50 kms do Aeroporto Internacional do Porto, e a 100 kms do Aeroporto de Vigo.

Atrações a visitar em Braga (Top 10):

Bom Jesus do Monte

Escadório do Bom Jesus do Monte, dividido em "Escadório do Pórtico", o "Escadório dos Cinco Sentidos" e o "Escadório das Três Virtudes", com as fontes ornamentais alegóricas representando personagens bíblicas, e a Via Sacra do Bom Jesus

Escadório do Bom Jesus do Monte, dividido em “Escadório do Pórtico”, o “Escadório dos Cinco Sentidos” e o “Escadório das Três Virtudes”, com as fontes ornamentais alegóricas representando personagens bíblicas, e a Via Sacra do Bom Jesus

Bom Jesus do Monte é um santuário católico dedicado ao Senhor Bom Jesus, classificado como Patrimônio Mundial da UNESCO situado em Tenões nos arredores da cidade de Braga. O santuário do Bom Jesus do Monte é um exemplo notável de local de peregrinação composto pelo Escadório do Bom Jesus do Monte, dividido em “Escadório do Pórtico”, o “Escadório dos Cinco Sentidos” e o “Escadório das Três Virtudes”. Ao longo do Escadório encontramos a fontes ornamentais alegóricas representando personagens bíblicas, e a Via Sacra do Bom Jesus, constituída por 17 capelas e a Igreja do Bom Jesus ladeada por duas torres, encimada por um frontão triangular, situada no topo do monte, os jardins do Bom Jesus, e o Elevador do Bom Jesus, na lateral paralela à escadaria. O Santuário do Bom Jesus do Monte é a atração mais visitada em Braga.

Sé Catedral de Braga

Sé Catedral de Braga é uma catedral de estilo Romântico, Manuelino e Barroco, onde estão os túmulos dos pais de D. Afonso Henriques: Henrique de Borgonha, conde de Portucale e sua esposa, Teresa de Leão. A Sé de Braga foi fundada como a sede do bispado por São Tiago Maior, um dos doze apóstolos de Jesus Cristo martirizado no ano 44;

Santuário de Nossa Senhora do Sameiro

Santuário de Nossa Senhora do Sameiro é um santuário mariano localizado em Braga, com o altar-mor em granito branco polido, o sacrário de prata, uma imponente escadaria com a imagem da Virgem Maria e do Sagrado Coração de Jesus no topo. Uma das atrações do Santuário de Nossa Senhora do Sameiro é a vista sobre a cidade de Braga;

Avenida Central de Braga

Avenida Central de Braga é uma das principais avenidas de Braga, situada no centro histórico da cidade, é a maior praça de Portugal e uma das maiores da Europa. A Avenida é ladeada por edifício nobres, nomeadamente a Basílica dos CongragadosNo seu topo da Avenida Central encontramos a Praça da República onde podemos observar a torre de menagem do antigo castelo de Braga atrás da igreja da Lapa;

Parque da Ponte

Parque da Ponte é um parque urbano da cidade de Braga com 24 mil m2 premiado em 2011 com um galardão de nível nacional para Espaços Públicos. O Parque da Ponte é o local da antiga ponte medieval sobre o Rio Este que permitia o trânsito para Guimarães, atualmente encontramos a Capela de São João Batista, o parque de exposições de Braga, o Complexo Desportivo da Ponte, e o Parque de Campismo da Ponte;

Arco da Porta Nova

Arco da Porta Nova é o local de uma das portas nas muralhas da cidade, aberta em 1512. Atualmente é um arco barroco e neoclássico classificado como Monumento Nacional desde 1910, da autoria de André Soares, um importante escultor e arquiteto português ativo no Norte de Portugal durante o século 18;

Parque da Praia Fluvial de Adaúfe

Parque da Praia Fluvial de Adaúfe é um parque com uma ampla zona relvada muito visitada em Braga, com uma praia fluvial junto ao Rio Cávado. A época balnear da praia fluvial de Adaúfe abre de junho a Setembro;

Mosteiro de São Martinho de Tibães

Mosteiro de São Martinho de Tibães é um imponente mosteiro fundado no século XI, classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1944. o Mosteiro de São Martinho de Tibães foi o palco escolhido para a XXIII Cimeira Ibérica que se realizou em Portugal nos dias 18 e 19 de Janeiro de 2008. Desde fevereiro de 2010, abriu ao público no Mosteiro de São Martinho de Tibães uma hospedaria com 9 quartos, e o restaurante “Eau Vive de Tibães”. O Museu do Mosteiro perdeu em 1834, devido à alienação do imóvel, grande parte do valioso espólio da região composto por pintura, escultura e arte sacra, e uma vasta coleção de livros, contudo ainda podemos percorrer o “Percurso Museológico”, com a área envolvente ao Mosteiro, a sua arquitetura, as ruínas de edifícios anteriores, a mata, os jardins, e os campos agrícolas;

Castelo de Lanhoso

Castelo de Lanhoso classificado como Monumento Nacional 1910, é um dos castelos portugueses mais imponentes de Portugal, erguido no topo do Monte do Pilar (o maior monólito granítico de Portugal), isolado entre os vales dos rios Ave e Cávado. No interior das muralhas existe o santuário de Nossa Senhora do Pilar, um santuário seiscentista construído com pedra das antigas muralhas. A meia encosta encontramos vestígios de um antigo castro romanizado;

Torre de Menagem do Castelo de Braga

Torre de Menagem do Castelo de Braga são os restos do Castelo de Braga demolido em 1906. A Torre de Menagem e alguns troços da muralha medieval foram classificados como Monumento Nacional em 1910.

Outras atrações a visitar em Braga

Citânia de Briteiros é um sítio arqueológico da Idade do Ferro, descoberto pelo arqueólogo Martins Sarmento em 1875, situado no alto do monte de São Romão, concelho de Guimarães, próximo dos santuários do Sameiro e do Bom Jesus de Braga. É uma citânia com as caraterísticas gerais da cultura dos castros do noroeste da Península Ibérica, com vestígios de inscrições latinas, moedas da República e do Império, fragmentos de cerâmica importada (terra sigillata), vidros, e outros;

  • Quinta Pedagógica de Braga, é uma antiga quinta tradicional minhota, com cerca de dois hectares e meio, reestruturada com o objectivo de reforçar a educação ambiental e o consequente contacto do Homem com a natureza;
  • Jardim de santa bárbara é um jardim público municipal, junto à ala medieval do Paço Episcopal Bracarense, com a fonte do século XVII e estátua de Santa Bárbara, que pertencia originalmente ao antigo Convento dos Remédios;
  • Museu dos Biscainhos é um palácio aristocrático, com salões amplos com tetos luxuosos, e jardins barrocos que revelam o quotidiano da nobreza setecentista, com numerosas referências à vida dos outros habitantes do espaço: criados, escravos, capelães;
  • Termas romanas de Maximinus, são as ruínas de umas termas públicas junto ao “Forum” da antiga cidade romana de “Bracara Augusta”;
  • Parque do Monte do Picoto, é um parque florestal situado no Monte do Picoto, com vista panorâmica para a cidade de Braga;
  • Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa, é um museu de arqueologia criado em 28 de Março de 1918, com coleções de arqueologia da região Norte de Portugal, cuja cronologia se estende do Paleolítico à época Medieval, onde encontramos a “melhor coleção de miliários de toda a Europa”, milhares de moedas do Alto Império e dezenas de milhar de moedas do Baixo Império, arquivo fotográfico, imagens relativas a monumentos arquitetónicos e arqueológicos desaparecidos;
  • Igreja de São Vítor
  • Palácio Raio, também referido como Casa do Mexicano é um palácio de arquitetura em estilo barroco joanino, com uma fachada com janelas manuelinas rodeadas em azulejos de tonalidades de azul. No Palácio Raio funciona um museu com máquinas e aparelhos usados nos cuidados médicos, bem como outros utensílios dos antigos hospitais;
  • Igreja do Pópulo
  • Igreja da Santa Cruz, Braga
  • Taipas Termal
  • Basílica dos Congregados a antiga Igreja dos Congregados em estilo Barroco e Rococó, que recebeu o titulo de Basílica Menor em 1975 pela Santa Sé, e foi classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1993;
  • Fonte do ídolo
  • Ponte de prado
  • Igreja Misericórdia
  • Jardim do Museu dos Biscaínhos
  • Igreja do Carmo
  • Igreja de São Vicente, Braga
  • Câmara Municipal de Braga
  • Igreja da Lapa
  • Museu Pio XII
  • Mosteiro de Santo André de Rendufe
  • Tribunal de Arcebispos
  • Igreja de Santa Maria Madalena
  • Igreja São Marcos
  • Arquidiocese de Braga
  • Castelo da dona chica

Atividades em Braga

Braga tem uma forte ligação ao desporto, fundamentada na elaboração da “Carta Desportiva de Braga”, um documento feito com o objetivo de caraterizar as atividades desportivas, e os equipamentos de desporto mais adequados à população. Esta aposta no desporto é visível em projetos como o “Boccia Sénior”, o “BragActiva” ou o “MEXE-TE Braga”; e em equipamentos como o Centro Municipal de Marcha e Corrida de Braga, as Escolas de Natação ou o Estádio Municipal de Braga.

O artesanato de Braga, nomeadamente a arte sacra, os cordoformes (instrumentos de cordas, nomeadamente os cavaquinhos e as violas braguesas), a azulejaria e a talha dourada têm um lugar de destaque na tradição da cidade, e são uma importante atração turística. A promoção do artesanato bracarense é visível na criação de pequenos negócios, como a produção de sabonetes, compotas, licores, bijuterias, bonecas pintadas com trajes regionais, e lojas de produtos religiosos.

Empreendedorismo e tecnologia de Braga

Braga tem uma economia e um meio empresarial dinâmico em constante desenvolvimento e inovação. Esta inovação está refletida na existência de um meio académico de topo europeu, na criação e crescimento do International Nanotechnology Laboratory, único no mundo dedicado às nanotecnologias, e no Startup Braga, um hub de inovação. Braga é considerada a Silicon Valley nacional devido à grande quantidade de empresas de software existentes, nomeadamente a Primavera Software (empresa portuguesa líder na produção de software em Portugal), a Mobicomp (empresa portuguesa líder em soluções de negócios relacionados com as tecnologias de computação e comunicações móveis) ou a Edigma (empresa portuguesa líder na gestão de projetos digitais e interatividade). Esta cidade minhota também aposta em projetos de apoio ao empreendedorismo, nomeadamente a Via Verde Empresa, o Regime de Exceção de Empreendimentos Estratégicos ou a Regeneração Industrial.

Gastronomia de Braga

Braga proporciona aos seus visitantes uma gastronomia rica e variada, com especialidades como o “bacalhau à Braga” ou o “bacalhau à Narcisa”, as papas de sarrabulho, os rojões à Minhota, o cabrito assado à moda de Braga, a vitela assada, o arroz de pato à moda de Braga, o bacalhau à moda do Minho, as frigideiras, o caldo verde com broa de milho, o pudim Abade de Priscos, os fidalguinhos, as pederneiras, as paciências, os suplícos, as cavacas de Morreira, as fatias doces de Braga, as broinhas de Santo António, os sameirinhos, os charutos de chila, os mexidos, as viúvas de Braga, as rabanadas e aletria.

Braga inclui a região vinícola do rio Cávado:

  • Alvarinho
  • Mourisco de Braga ou Mourisco da Semente

As festas, feiras e romarias de Braga

  • Solenidades da Semana Santa
  • Romaria a São Vicente
  • Festival Internacional de Folclore
  • Braga Romana: Reviver Bracara Augusta
  • Festival de São João
  • Fim de semana gastronómico
  • Vinho verde Fest
  • Gastronomia Viva
  • Feira de artesanato

Roteiros em Mafra

  • Roteiro juvenil de Braga;
  • Roteiro de Bracara Augusta;
  • Roteiro medieval de Braga;
  • Roteiro do Barroco de Braga;
  • Caminho Português de Santiago de Compostela.

Factos rápidos sobre Braga

Braga uma cidade capital do distrito de Braga, com:

  • População da cidade: 110 mil habitantes
  • População do concelho: 200 mil habitantes
  • Distrito: Braga
  • Região: Minho
  • Freguesias: 37
  • Feriado Municipal: 24 de Junho
  • Praias fluviais: 4 (praia fluvial de Navarra, praia fluvial de Cavadinho em Crespos, praia fluvial de Adaúfe, praia fluvial de Merelim São Paio e área de lazer da Ponte do Bico)
  • Empresas: 19 mil
  • Hoteis: 31
  • Empreendimentos de turismo rural: 4
  • Hostels e Guest Houses: 10
  • Alojamento Local: 19
  • Parques de Campismo: 1
Back to Top
error: